Decreto Nº 13.072 de 22/05/2008

Dispõe sobre luto oficial pelo falecimento de Hindemburgo Dobal Teixeira – Poeta H. Dobal.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ, no uso das atribuições que lhe confere o inciso I e XIII, do art. 102 da Constituição Estadual, e

Considerando o falecimento ocorrido hoje, dia 22 de maio de 2008, na cidade de Teresina-PI, do ilustre Escritor, Poeta e Tradutor HINDEMBURGO DOBAL TEIXEIRA – H. DOBAL, natural de Teresina, Estado do Piauí,

Considerando a trajetória do notável Poeta que cursou o ensino secundário no antigo Colégio Liceu Piauiense; Advogado formado pela Faculdade de Direito do Piauí; Agente Fiscal do Consumo do Ministério da Fazenda, ocupando sucessivamente as funções de Chefe da Assessoria do Secretário da Receita Federal, Presidente do Conselho de Contribuintes e Professor da Escola de Administração Fazendária – ESAF; por indicação do Ministério da Fazenda cursou pós-graduação na Escola de Economia da Universidade de Londres; recebeu o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Piauí – UFPI; homenageado pela Academia Brasileira de Letras em cerimônia no Rio de Janeiro; membro da Academia Piauiense de Letras e da Academia Brasiliense de Letras;

Considerando, finalmente, que através de suas obras literárias, dentre elas, “O Tempo Conseqüente”, “O Dia Sem Presságios”, “A Viagem Imperfeita”, “A Província Deserta”, “A Serra das Confusões” e “A Cidade Substituída”, engrandeceu o nome do Estado do Piauí, tornando-se poeta respeitado em todo o País, merecendo, portanto, o respeito e homenagem do Governo e do Povo Piauiense,

D E C R E T A :


Art. 1º Fica declarado luto oficial, por 03 (três) dias, em todo o território do Estado do Piauí, a partir desta data, pelo falecimento do Escritor e Poeta HINDEMBURGO DOBAL TEIXEIRA – H. DOBAL.

Art. 2º O presente Decreto entra em vigor nesta data.



PALÁCIO DE KARNAK, em Teresina (PI), 22 de maio de 2008.

GOVERNADOR DO ESTADO




Este texto não substitui o Publicado no DOE Nº 95 de 23/05/2008